Você está aqui: Artigos
-
   
Publicado em 17/05/2018 às 15h20min
 
TRIBUTO ÀS MÃES Tributo às Mães, poema do associado José Bernardino de Castro

 
Internet

Eu quero me juntar aos sonhadores,
Me envolvendo no sonho que acredito,
Buscando no jardim de muitas flores,
Onde o ambiente se torna mais bonito.

Observar o vai e vem  dos passarinhos,
Belos motivos pra sentir a natureza,
Tirando dela os pequenos murmurinhos,
E que nos leva  a contemplar sua beleza.

E é no jardim que vamos encontrar,
Uma planta diferente  de um pé de flor,
É só  uma questão de saber procurar,
Ela tem  beleza, é forte ,mas sente dor..

Da planta que estou falando,
Não é difícil de adivinhar,
Deus a colocou no mundo,
Foi mais pra servir e amar,

É ela que gera a vida,
E zela dela também,
Sempre firme e destemida,
É forte como ninguém.

A força é sua bandeira,
O amor é seu galhardão,
O seu nome é guerreira,
Sublime é o seu coração.

Mamãe seu nome é lembrado,
De geração em geração,
Desde o jardim do éden,
De companhia de Adão,

Continuou sempre lembrada,
Escolhida com muito amor,
Para ser a mãe de Jesus,
Nosso eterno Salvador.

Hoje quero pedir a Deus,
Para as geradoras de vidas,
Muita paz e muitas bênçãos,
Para as mãezinhas queridas.

 PARABÉNS MAMÃES!

- José Bernardino de Castro
 
 

21 de setembro, Dia do Auditor Fiscal de Goiás

História de um Fiscal (7)

Da Associação que temos para a Associação que queremos

Não exigir documento fiscal no momento da compra pode trazer dissabores

Minha Vozinha Francisca de Assis M. Machado

Exercício de cidadania

História de um Fiscal (6)


AFFEGO - Associação dos Funcionários do Fisco do Estado de Goiás
Rua Henrique Silva, Nº 312, Setor Sul, CEP 74.083-020 - Goiânia (GO) - Fone: 3218-5051