Você está aqui: Blog da Affego
-
   
Enviado em 14/06/2018 às 08h32min
 
 
• CLIPPING
Metas Fiscais: Governo de Goiás investe três vezes mais em 2018

Internet




Os investimentos do Governo de Goiás saltaram de R$ 54,6 milhões para R$ 268,5 milhões em 2018, em valores liquidados, o que representa aumento de mais de 300% em relação ao mesmo período do ano passado. É o que revela o relatório de metas fiscais do primeiro quadrimestre deste ano, que compreende os meses de janeiro a abril. A situação é bem mais favorável do que em 2017 e demonstra tendência de recuperação.

“Esse bom resultado é fruto dos investimentos em infraestrutura, que possibilitou a vinda de novos empreendimentos e consequentemente crescimento da economia”, afirmou o superintendente Executiva da Dívida Pública, Contabilidade e Tesouro da Sefaz, Sílvio Vieira da Luz. As metas fiscais foram apresentadas, em audiência pública, aos deputados da Comissão de Tributação, Finanças e Orçamento da Assembleia Legislativa, na tarde desta quarta-feira (13/06).

Goiás fechou o quadrimestre com superávit primário de R$ 152,942 milhões. O total das receitas primárias foi de R$ 7 bilhões. Já as despesas primárias, R$ 6,9 bilhões. As receitas tributárias, oriundas da arrecadação dos tributos estaduais, aumentaram 7,97%, bem acima da inflação que foi de 2,76% (maio/17 a abril/18). O resultado foi puxado pelo bom desempenho na arrecadação do ICMS, que tem o maior peso, e avançou 8,6%. O IPVA também impactou, com crescimento de 26,7%, seguido do ITCD, 15,28%.

As transferências constitucionais também obtiveram êxito, com evolução positiva de 7,33%. As receitas de transferências são compostas pelo Fundo de Participação dos Estados (FPE), o Fundeb e parcelas de vários outros como o IPI, Cide, lei Kandir, convênios etc. O FPE passou de R$ 672 milhões para R$ 726 milhões, já o Fundeb foi de R$ 591 milhões para R$ 630 milhões.

Dívida Líquida Consolidada – Outro dado que chama atenção é a redução da dívida. Goiás está bem abaixo do limite, previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que mede o endividamento. Cada Estado pode comprometer, segundo a LRF, duas vezes a receita corrente líquida. Para se ter uma ideia, conforme dados desse quadrimestre, em Goiás o índice está em 0,86. Isso significa que o comprometimento da RCL é bem abaixo do limite permitido pela LRF, que é de 2.0. Somado à capacidade de investimento do Estado, isso demonstra que Goiás está no caminho certo e dá credibilidade para a obtenção de novos créditos, caso seja necessário.

“Comemoramos o equilíbrio e os investimentos, que são visíveis”, frisou o deputado Helio de Sousa, durante o momento dedicado às perguntas dos deputados. Dos integrantes da Comissão compareceram, além de Helio de Sousa (PSDB), Lívio Luciano (Podemos), Lucas Calil (PSD) Álvaro Guimarães (DEM) e Francisco Júnior (PSD) que presidiu a audiência pública. 

Participaram da apresentação das metas fiscais na Assembleia, o superintendente do Tesouro, Gilson Valério do Amaral, o superintendente da Contabilidade Geral, Ricardo Borges, e a gerente de Contas Públicas, Maíres Agda Moraes.

Saiba mais: A apresentação do relatório de metas fiscais a cada quadrimestre, na Assembleia Legislativa, é uma exigência prevista no parágrafo 4º, artigo 9º, da Lei de Responsabilidade Fiscal. Para garantir a transparência, a Secretaria da Fazenda publica todos os relatórios de metas fiscais. Os documentos desse quadrimestre já estão disponíveis no site da Sefaz, no portal Transparência Goiás e no site da Controladoria Geral do Estado.

Comunicação Setorial




 
Fonte/Autoria: Comunicação Setorial - Sefaz

 
 

Sefaz inicia autuações a devedores de IPVA

Referências em Educação Fiscal, cidades goianas recebem a visita do presidente da Febrafite

Secretário participa de reunião na STN

Hipermercado paga autos de Substituição Tributária

Evento que reúne amantes do motociclismo movimenta Termas Caldas Affego no feriado

Feriado com muita animação e música no Clube Campestre da Affego

Homenagem ao Dia das Crianças


AFFEGO - Associação dos Funcionários do Fisco do Estado de Goiás
Rua Henrique Silva, Nº 312, Setor Sul, CEP 74.083-020 - Goiânia (GO) - Fone: 3218-5051