Você está aqui: Blog da Affego
-
   
Enviado em 12/06/2018 às 16h00min
 
 
• SAÚDE
Beneficiário do Affego-Saúde conta sobre a tranquilidade em tratamento médico

Thaíla Queiroga

João Rafael e a família


“O que me deu certo alento foi que descobri dia 6 de agosto, dia 24 de agosto eu estava tratando. Isso é raro acontecer”, conta João Rafael Sobrinho Júnior, beneficiário do Affego-Saúde em tratamento contra o câncer. João, filho do conselheiro João Rafael Sobrinho sempre cuidou da saúde: exames de rotina estavam na lista das obrigações todos os anos. Até que algo de anormal aconteceu, em agosto de 2017, quando percebeu que suas fezes estavam misturadas ao sangue. Sem qualquer outro sintoma, preferiu buscar ajuda médica e foi quando recebeu a notícia do câncer.

A partir daí, colocar a cabeça no lugar e entender sua real situação, um câncer colorretal já com dois anos, foi tarefa difícil. O que ele não sabia era que o Affego-Saúde daria todo o respaldo possível ao seu tratamento. “Nesse ponto a Affego me deu o maior suporte que eu precisava pra eu poder ter cabeça para tratar. Primeiro nas autorizações de radioterapia, nas autorizações da quimioterapia, das consultas, foram todas a toque de caixa, a Affego não hesitava em autorizar”, relata.

Confiante e com o apoio total da família, o beneficiário deu início ao tratamento: Remédios para quimioterapia, 28 sessões de radioterapia e cirurgia, com cobertura total pelo plano. Diferente de muitos outros planos médicos, o Affego-Saúde em tempo recorde emitia as autorizações para que o tratamento não falhasse um dia sequer. Para as sessões de quimioterapia, João precisava do medicamento Xeloda, de alto custo, utilizado durante as sessões. O remédio era comprado pelo plano e o único trabalho era buscá-lo no ambulatório na Affego. “A coisa que não me preocupava era a questão do plano, porque eu sabia, tinha certeza que o plano de saúde ia me amparar e de fato amparou”, afirma.

Confira aqui a carta que João Rafael Sobrinho Júnior escreveu em agradecimento ao Affego-Saúde.

Equipe de profissionais

Durante a entrevista, João ainda relata o caminho que percorreu até a cirurgia. Em todo o processo da aplicação da medicação até a cirurgia, ele dormiu tranquilo, pois confiava no trabalho e empenho de todos os profissionais do Affego-Saúde, evitando ao máximo colocá-lo nas decisões, prezando pelo seu bem-estar e também o estresse de todo o processo burocrático envolvido. “Para me poupar, eles foram profissionais demais da conta”, contou.

A luta continua

Uma semana antes da cirurgia para a retirada do tumor no reto, João Júnior sentindo muitas dores na costela constatou-se em novembro de 2017, uma metástase (formação de uma nova lesão tumoral a partir de outra, mas sem continuidade entre as duas), após a Tomografia Computadorizada por Emissão de Pósitrons (PET-TC). Mais um exame de altíssimo custo, e o Affego-Saúde sempre presente. “A Affego autorizava em dois dias, algo surreal, maravilhoso”, conta João que precisou se submeter a este exame duas vezes.

João, que é arquiteto e dono da construtora Ponto Três Arquitetura e Construção precisou enfrentar mais uma batalha e tratar o novo câncer, sem nunca perder a fé juntamente com o apoio de toda a família. Ele ainda conta que em todos os momentos difíceis, quando passava muito mal, a família sempre foi o melhor esteio. João é casado com Raquel Barbosa e juntos têm um filho, Miguel, de cinco anos, que é a alegria da casa e a principal força para João neste processo. “Meu filho é tudo, é o que me dá suporte aqui em casa, não desisto por causa dele e da minha esposa”, afirma.

Affego-Saúde é uma família

Quando perguntado qual o papel do plano de saúde da Affego neste momento da vida, João Júnior conta que é uma relação familiar, “sem a Affego eu estaria hoje sofrendo e padecendo de uma forma triste, estaria hoje iniciando o tratamento”. Ele ainda fala sobre sua profunda gratidão ao pai, que não mediu esforços para cuidar dos filhos, educá-los e, além disso, proporcionar a todos um plano de saúde completo, como o Affego-Saúde, por meio do qual toda sua família recebe total apoio e tranquilidade quando o assunto é saúde.

“A Affego está abaixo das minhas relações familiares só, e acima de tudo”, é como João vê o plano, uma relação forte e única, até mesmo porque o Affego-Saúde está proporcionando a ele total cobertura em todo seu tratamento, que ainda está na metade, o que garante ainda mais essa confiança que nenhum outro plano de saúde poderia oferecer.

A relação entre os colaboradores da Affego e o beneficiário sempre foi muito próxima. Em qualquer dúvida que tem com relação a guias e autorizações para exames, João recebe total apoio e consegue resolver com muita facilidade. “Eu tenho o telefone da Lucy, eu ligo a qualquer hora que eu preciso de uma autorização, tenho toda abertura com eles. Nunca fui maltratado”, relata.

Confie na Affego

João Rafael Sobrinho Júnior deixa um recado a todos os associados e não associados da Affego. Confira na íntegra o depoimento:

“Eu nunca imaginei que eu poderia ter um plano tão maravilhoso que me desse tanto suporte, que me deixasse tão tranquilo em relação ao meu tratamento. Acima da Affego só está minha relação com meus familiares próximos. A Affego tem segundo lugar nesse processo de doença minha, foi uma grata surpresa, a Affego é um plano maravilhoso. Eu descobri que a Affego é tão boa, além de ela ser boa com nós pacientes, ela também é boa com os prestadores que a gente ouve falar. Gostam de trabalhar com a Affego, todos os médicos que eu converso falam a mesma coisa. A Affego está de parabéns, ela me deixa dormir mais tranquilo. Eu posso contar com a Affego para poder ter o tratamento digno que a gente merece ter, eu posso garantir quem não é associado da Affego, quem por alguma razão não aderiu ao plano, estou falando de experiência própria, de uma pessoa que precisou do plano para um tratamento de câncer metastático que requer a todo o momento gasto, internação, ida ao médico, medicamentos caros e a Affego não hesita em me dar isso tudo. Se eles fazem isso comigo, um paciente da mais alta dificuldade de tratamento, os outros tipos de tratamento é ficha para vocês”.


 
Fonte/Autoria: Thaíla Queiroga - ASCOM

 
 

Falecimento de Maria de Pina Oliveira

Coíndice votará IPM provisório nesta quarta

Promotora recomenda realização de seleção para membros do CAT

Auditores fiscais são responsáveis pelo crescimento real da receita estadual

Dirigentes da Febrafite marcam presença no Prêmio Congresso em Foco 2018

Artigo | Reforma tributária eleva perspectiva de crescimento para o Brasil

Carta convocatória para as eleições na Affego e no Sindifisco


AFFEGO - Associação dos Funcionários do Fisco do Estado de Goiás
Rua Henrique Silva, Nº 312, Setor Sul, CEP 74.083-020 - Goiânia (GO) - Fone: 3218-5051